A retomada da vida por pessoas que enfrentam problemas com drogas

7 de outubro de 2015 - 16:26

Parceria da SPD com a STDS viabiliza reinserção social e profissional

Nas mãos, o certificado do curso profissionalizante concluído com êxito. No rosto, o sorriso largo que demonstra a satisfação em superar mais uma etapa do tratamento para se livrar das drogas. Para completar a alegria, a companhia de familiares e amigos no momento especial de retomada de suas vidas. Foi assim a tarde da terça-feira, 6, para 40 internos das Comunidades Terapêuticas (CTs) Moradores do Henrique Jorge e Grão de Mostarda, instaladas nos municípios do Eusébio e Aquiraz, ambos na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Em tratamento por conta do uso problemático de drogas, 40 internos, sendo 20 de cada CT, concluíram o curso de mecânico de motos, uma iniciativa efetivada pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) no âmbito do programa ‘Criando Oportunidades’. A ação é voltada para o fortalecimento da reinserção social e profissional de dependentes químicos no Estado do Ceará, através da oferta de cursos profissionalizantes gratuitos.

Ramerson Carlos, 33 anos, foi um dos concludentes. Feliz por ter participado do curso, ele só pensa em concluir o tratamento na CT e retomar a vida normal, agora com uma profissão. “Eu não vou perder essa oportunidade que estão me dando”, disse. Edgard de Souza, 48 anos, também concluiu o curso. Ele já é eletricista e, agora, considera que terá mais facilidade de conseguir emprego quando deixar a CT porque está mais capacitado para o mercado de trabalho. Os jovens Carlos Manoel, 29 anos, e Wesley Fontoura, 23, pensam da mesma forma. Eles dizem que o curso de mecânico de motos melhorou a autoestima e será importante no futuro próximo para quando voltarem para suas famílias e a sociedade.

O curso teve duração de 100 horas/aula, sendo ministrado por instrutor da Associação Aliança Comunitária. Além do certificado, os concludentes receberam um kit com ferramentas para darem os primeiros passos na nova profissão quando deixarem as CTs.

miriam1A entrega dos certificados nas duas comunidades terapêuticas contou com a presença da titular da SPD, Mirian Sobreira. Além dela, estiveram presentes a coordenadora pedagógica da Aliança Comunitária, Karina Anchieta; e a gerente da célula de Avaliação e Monitoramento da SPD, Lidiana Rebouças. O público maior foi composto de internos das CTs e seus familiares e amigos.

Ao falar para os concludentes, a secretária Mirian Sobreira ressaltou a importância da oferta de  oportunidades de qualificação por parte do governo do Estado para a reinserção social e profissional do dependente químico, reforçando a recuperação e a melhoria da autoestima, além de evitar a ociosidade nas CTs e reduzir novas possibilidades de uso de drogas.

A secretária reforçou o desejo de fortalecer a parceria da SPD com as comunidades terapêuticas no Ceará. Lembrou, ainda, o projeto de lei a ser encaminhado à Assembleia Legislativa pelo governador Camilo Santana que assegura de 2 a 5% de vagas de trabalho em obras tocadas pelo Estado para pessoas que concluem o tratamento relacionado ao uso problemático de drogas.

miriam2A parceria da SPD com a STDS para a oferta de cursos profissionalizantes teve início em agosto passado. Num primeiro momento, foram disponibilizadas 245 vagas no âmbito dos projetos ‘Criando Oportunidades’ e ‘Primeiro Passo – Linha Jovem Bolsista’, com a oferta de cursos  diversos, priorizando ofícios hoje com maior demanda de especialistas. Os beneficiados do projeto ‘Primeiro Passo’ também recebem bolsa no valor de R$ 100,00 durante os três meses de duração de curso de informática.

Os cursos profissionalizantes estão acontecendo em nove comunidades terapêuticas espalhadas por diversos municípios cearenses. São elas: Associação Shalon de Promoção Humana, O Caminho – Resgatando Vidas, Casa Belém, Desafio Nova Vida, Moradores Henrique Jorge, Grão de Mostarda, Instituto Volta ao Caminho, Casa Abraão e Casp. A execução é acompanhada e supervisionada pela Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD. A Secretaria também articula com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) a inserção dos participantes dos cursos no cadastro de empregos e geração de renda.

Lena Ximenes
Assessora de Imprensa da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 99611.6716 | 98902.7939 – lenaximenes66@gmail.com