‘Ligados’ para um recomeço

23 de outubro de 2015 - 13:20

Parceria da SPD com a STDS proporciona reinserção social e profissional de dependentes químicos

A vida passa depressa e é comum sofrermos choques frequentes em nossa trajetória. Mais que nunca, é preciso estar ‘ligado’ nas oportunidades que surgem à frente para traçarmos novos caminhos no futuro. Irandê Nunes, 58 anos, Janderson Soares, 28, e Leandro César, 29, comemoram. O emaranhado de incertezas foi substituído pela confiança em novos tempos em meio a fios e mais fios, seu novo objeto de trabalho.

O trio, que hoje esbanja alegria, integra o grupo de 40 internos de duas Comunidades Terapêuticas (Cts) da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) que concluíram curso profissionalizante de eletricista. Agora, eles estão capacitados em mais um ofício para disputar espaço no mercado de trabalho ao concluírem o tratamento por conta do uso problemático de drogas. Os concludentes são agregados às CTs Instituto Volta ao Caminho (IVC), em Maranguape, e Casa de Abraão, no Eusébio.

O curso foi proporcionado pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). O programa ‘Criando Oportunidades’ foi levado às CTs numa iniciativa idealizada para fortalecer a reinserção social e profissional de dependentes químicos no Ceará, através da oferta de cursos profissionalizantes gratuitos.

abraaoA entrega dos certificados aos concludentes do curso de eletricista aconteceu na quinta-feira, 22. Foram formados 20 internos de cada CT. “Com esse aprendizado sobre eletricidade, pretendo abrir um pequeno de negócios quando terminar o tratamento no IVC”, disse Irandê Nunes.   “Eu já sou vigilante. Agora, vou poder aumentar o orçamento com o novo ofício que aprendi”, avaliou Janderson Soares.

As solenidades contaram com a presença da titular da SPD, Mirian Sobreira, e do secretário Adjunto, Marcelo Uchôa. A STDS foi representada pela coordenadora do projeto Criando Oportunidades, Edianny Lima. Além dela, estiveram presentes a coordenadora pedagógica da AACC, Karina Anchieta; e coordenadora de Políticas sobre Drogas da SPD, Alessandra Pimentel; e a gerente da Célula de Monitoramento e Avaliação, Lidiane Rebouças.

O curso de eletricista teve duração de 100 horas/aula e foi ministrado por instrutor vinculado à Associação Aliança Comunitária cearense (AACC). Além do certificado, os concludentes receberam um kit, contendo ferramentas necessárias que para o início das atividades na nova profissão quando deixarem as CTs.

abraao2Com a certificação nesta quinta-feira, chega a 160 o número de dependentes químicos beneficiados com cursos profissionalizantes em nove CTs cearenses conveniadas com a SPD. As aulas tiveram início em agosto passado. A oferta total de vagas até o final de semestre é de 245 no âmbito dos projetos ‘Criando Oportunidades’ e ‘Primeiro Passo – Linha Jovem Bolsista’. São priorizados ofícios hoje com maior demanda por especialistas.  

A SPD também articula com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) a inserção dos participantes dos cursos no cadastro de empregos e geração de renda.

Lena Ximenes
Assessora de Imprensa da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 99611.6716 | 98902.7939 – lenaximenes66@gmail.com