Hora de colocar a mão na massa

13 de novembro de 2015 - 18:39

Parceria da SPD com STDS viabiliza reinserção social e profissional de usuários de drogas em tratamento

Jorge Luís, 34 anos; Cláudio Humberto, 25; Sara Pereira, 31; Antonia Josiane, 36. O que eles têm em comum, além da juventude? A resposta está na ponta da língua de cada um deles. É a vontade de  deixar para trás o mundo das drogas e recomeçar a vida.

O primeiro passo já foi dado. Os quatro jovens e outros 11 acolhidos na Comunidade Terapêutica (CT) Desafio Nova vida, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), concluíram o curso profissionalizante de doces e salgados, com frequência de 100%. Agora, só pensam em encerrar o tratamento na CT e conseguirem uma posição no mercado de trabalho.

A entrega dos certificados da conclusão do curso profissionalizante aconteceu na tarde da quinta-feira, 12, na sede da CT Desafio Nova Vida, com a presença da direção da unidade e de todos os concludentes, além de seus familiares. O momento foi de alegria e descontração, entremeado por música, dança e louvores.

O curso profissionalizante foi viabilizado pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) no âmbito do programa ‘Criando Oportunidades’. A ação objetivou promover a reinserção social e profissional de usuários de drogas em tratamento na CT. A duração do curso foi de 100 horas/aula.

desafio2A entrega dos certificados na CT Desafio Nova Vida contou com a presença da gerente da Célula de Avaliação e Monitoramento da SPD, Lidiane Rebouças, que representou a titular da pasta, Mirian Sobreira. A coordenadora do Centro de Referência sobre drogas (CRD) da SPD, Magda Coelho, também prestigiou o evento. A STDS foi representada pela coordenadora do programa ‘Criando Oportunidades’, Edianny Lima. Na ocasião, além dos certificados, os concludentes receberão um kit com equipamentos básicos para desenvolver as atividades iniciais no novo ofício.

“Esse curso foi a melhor coisa que podia ter acontecido na minha vida nesse momento”, disse a concludente Sara Pereira, que só pensa em, literalmente, colocar a mão na massa e passar a viver da produção de doces e salgados. Antonia Josiane esbanjou felicidade. Afinal, recebeu o primeiro certificado em toda a sua vida. “Para mim, esse certificado representa o recomeça da minha vida”, afirmou emocionada.
 
A parceria da SPD com a STDS para a oferta de cursos profissionalizantes foi desencadeada em agosto passado´, com a disponibilização de 245 vagas nos projetos ‘Criando Oportunidades’ e ‘Primeiro Passo – Linha Jovem Bolsista’. Agora, já são 160 pessoas certificadas em cursos de eletricista, doces e salgados, mecânico de motos, corte e costura e informática.

A secretária Mirian Sobreira enfatiza que, além da oportunidade de qualificação oferecida aos usuários de drogas em tratamento, os cursos profissionalizantes contribuem para a recuperação da autoestima dos acolhidos nas CTs, além de reduzir a ociosidade e novas possibilidades de uso de drogas.

A execução dos cursos é acompanhada e supervisionada pela Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD. A Secretaria também articula com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) a inserção dos participantes dos cursos no cadastro de empregos e geração de renda.

Lena Ximenes
Assessora de Imprensa da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 99611.6716 | 98902.7939 – lenaximenes66@gmail.com