Conselho de Políticas sobre Drogas reforça discussão sobre comunidades terapêuticas

9 de março de 2016 - 17:41

Edital para credenciamento de novas unidades está em análise na PGE

Os critérios para o credenciamento de Comunidades Terapêuticas (CTs) junto ao Governo do Estado, através da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), bem como o perfil das unidades e os critérios para internação dominaram as discussões durante a IV reunião ordinária do Conselho Interinstitucional de Políticas Públicas sobre Drogas (Cipod), gestão 2015/2017. O encontro foi realizado na manhã desta quarta-feira, 9, na sede da SPD, com a participação de representantes de órgãos/instituições com assento no colegiado.

No momento, 20 comunidades terapêuticas em funcionamento no Ceará são conveniadas com a SPD e com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) para o acolhimento de pessoas que apresentam dependência de álcool e outras drogas. São 572 vagas (503 masculinas e 69 femininas) no âmbito do Sistema Acolhe Ceará. Dezessete CTs estão localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Contudo, todos os acordos serão concluídos ao final deste mês.

A continuidade da oferta de espaços adequados para acolher os usuários de drogas será assegurada pela SPD com o lançamento de edital para o credenciamento de novas CTs no Estado. O objetivo é contar com unidades conveniadas em todas as macrorregiões do Ceará, além de ampliar a oferta de vagas. No momento, o documento está sob análise da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Na ocasião, a titular da SPD e presidente do Cipod, secretária Mirian Sobreira, ressaltou que a principal preocupação da pasta ao providenciar o credenciamento de novas CTs no Estado é com o cuidado ao ser humano com problemas associados ao uso nocivo ou dependência de substância psicoativa que será acolhido, assegurando-lhe o melhor atendimento.

Colegiado

O Cipod foi criado na gestão do governador Camilo Santana com o objetivo de fortalecer o Sistema Estadual de Políticas sobre Drogas, construindo uma rede de iniciativas para conter o avanço das drogas no Estado. O Conselho é composto por 26 representantes de secretarias estaduais, organizações não governamentais e entidades religiosas e estudantis do Ceará.

Fernando Brito
Repórter

Lena Ximenes
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 99611.6716 | 98902.7939 – lenaximenes66@gmail.com / comunicacao@spd.ce.gov.br