Juventude em Ação será desenvolvido em Fortaleza

17 de março de 2016 - 15:46

Bairro Vicente Pinzón, onde foi implantado o primeiro território do Ceará Pacífico, é a área beneficiada na capital cearense

Voltado para jovens do ensino médio de escolas públicas estaduais, o programa de prevenção às drogas Juventude em Ação vem sendo desenvolvido, com sucesso, pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) no interior do Estado. Numa forma de projeto-piloto, 10 municípios estão sendo beneficiados.

Agora, o programa também será aplicado em Fortaleza. A área favorecida é o bairro Vicente Pinzón, onde o Governo do Estado implantou o primeiro território do Ceará Pacífico, iniciativa coordenada pela vice-governadora Izolda Cela que abrange programas, ações e projetos voltados para a prevenção da violência e redução da criminalidade, contribuindo para a construção de uma cultura de paz em todo o território cearense.

A chegada do Juventude em Ação a Fortaleza foi anunciada pela secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Mirian Sobreira. Segundo ela, mais de três mil estudantes das seis escolas de ensino médio localizadas no Vicente Pinzón serão favorecidos. No momento, a SPD realiza a etapa de sensibilização das comunidades docente e estudantil do bairro para o início do programa de prevenção

Os estabelecimentos de ensino beneficiados no Vicente Pinzón são os seguintes: Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Matias Beck, EEFM Bárbara de Alencar, EEFM Dragão do Mar, EEFM Helenita Mota, EEFM deputado Manoel Rodrigues, EEEP Maria Ãngela da Silveira Borges e EEFM General Murilo Borges Moreira.

O Juventude em Ação constitui-se num conjunto de ações que inclui a aplicação do jogo ‘Na Trilha da Prevenção’ e culmina uma gincana cultural e exposição artística. O programa envolve, ainda, a realização de oficinas de capacitação e rodas de conversa entre profissionais de educação, familiares e lideranças locais.

O principal objetivo da iniciativa preventiva é a diminuição da iniciação e do uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes. Além disso, o programa fortalece as competências, potencialidades e habilidades para vida, bem como contribui para a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e escolas na ampliação de vínculos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

A secretária Mirian Sobreira destaca que, a exemplo do que ocorre nas cidades do Interior do Estado onde o Juventude em Ação já foi implantado, os benefícios do programa são multiplicados para além das escolas no Vicente Pinzón com a formação de grupos de adolescentes voluntários que atuarão em toda a comunidade, repassando conhecimentos sobre o uso nocivo de drogas lícitas e ilícitas e fortalecendo comportamento saudáveis.

Fernando Brito
Repórter

Lena Ximenes
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 98902-7939 / 3238.5090 – lenaximenes66@gmail.com / comunicacao@spd.ce.gov.br