Famílias Fortes: pesquisa avaliará programa no Ceará

4 de novembro de 2016 - 19:35

Primeiro encontro de sensibilização ocorreu no Cariri

A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) será parceira no projeto de avaliação da efetividade, qualidade da implementação e validade social do programa Famílias Fortes. A ação será executada pelo Grupo de Estudos em Prevenção e Promoção de Saúde no Ciclo da Vida do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UnB) no Ceará.

O primeiro encontro de sensibilização com os participantes do PFF no Ceará (articuladores, multiplicadores e facilitadores) aconteceu nesta sexta-feira, 4, na sede da Faculdade de Ciências Aplicadas Leão Sampaio (Unileão), em Juazeiro do Norte, na região do Cariri. A reunião contou com a presença de colaboradores do município e de Barbalha. A pesquisa será coordenada por especialistas da Universidade de Brasília (UnB).

O PFF constitui-se num ciclo de sete encontros semanais conduzidos por profissional de assistência social, saúde e educação, envolvendo pais, responsáveis, crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos de idade. Cada encontro tem duração de duas horas. Primeiramente, separados em grupos, pais e filhos abordam temas da vida em família, como amor, limites, regras domésticas, bons comportamentos, estresse e proteção contra o abuso de substâncias. Num segundo momento, os grupos são reunidos, estimulando a conversação familiar. O programa também oferece sessões de acompanhamento para monitoramento dos resultados e, também, para reforçar os valores apreendidos.

Com envolvimento dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e as secretarias municipais de Saúde e Educação, o PFF objetiva reduzir os fatores de risco ao uso e abuso de drogas e fortalecer os vínculos familiares e comunitários. Dentre os benefícios proporcionados às famílias participantes estão a redução da agressividade, do isolamento social e do uso e abuso de substâncias psicoativas, a promoção da interação entre pais e filhos e a melhoria do rendimento escolar.

A coordenadora do Sistema Integrado de Prevenção (SIP) / Juventude do Futuro (JF) da SPD, Natália Alexandre, explica que, este ano, um total de 249 famílias de 20 municípios deverão ser favorecidas com o programa.

Fernando Brito
Redator

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara