Natal do Corre Pra Vida

21 de dezembro de 2016 - 13:07

Projeto da SPD atende pessoas em situação de rua ou em outros contextos de vulnerabilidade social

Várias são as razões que levam pessoas a viverem em situação de rua. Hoje, o consumo de drogas é o motivo mais frequente para esse quadro preocupante. Nas ruas, elas convivem com a vulnerabilidade social e enfrentam dificuldades de acesso aos serviços de saúde e da rede sócioassistencial. Mas, as principais carências parecem ser de atenção, carinho e acolhimento.

No período de Natal, essas carências se mostram mais evidentes. A população em situação de rua se sente ainda mais excluída. É o momento de pessoas que trabalham com esse público reforçarem o acolhimento e a solidariedade. É o caso dos profissionais do Projeto Corre Pra Vida da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD). Eles se organizaram, buscaram parcerias e promovem, nesta quarta-feira, 21, o Natal do Corre Pra Vida. A ideia é acolher grande parte dos beneficiários do projeto.

A programação acontecerá a partir das 14 horas, no contêiner do Corre Pra Vida, localizado na Avenida Castelo Branco, 245-A, na área denominada de Oitão Preto, junto à Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. Na oportunidade, além dos serviços já ofertados cotidianamente aos beneficiários, como a oferta gratuita de kits de higiene e limpeza e a realização de testes rápidos para detecção do vírus HIV, ocorrerá a distribuição gratuita de roupas, bem como a oferta de lanche. Também haverá uma exposição de quadros produzidos durante as oficinas de pintura realizadas este ano no Corre Pra Vida e as tradicionais mensagens de Natal.

Implementado pela SPD em novembro de 2015, o Corre Pra Vida tem proporcionado o acesso gratuito a atividades de autocuidado, serviços de saúde, rede assistencial e à Rede de Atenção Psicossocial (Raps) por pessoas em situação de rua e socialmente vulneráveis, principalmente devido à dependência de drogas.

No equipamento, os usuários são acolhidos por uma equipe de profissionais interdisciplinares e redutores de danos. O ponto de acolhimento / abordagem fica aberto de segunda a sábado, das 8 às 17 horas.

Através do Corre Pra Vida, o usuário também têm acesso a atividades informativo / educativas e de reinserção social e profissional em diversos pontos de Fortaleza, com foco na redução de danos. A ideia é levar acolhimento e tratamento aos beneficiários, além de fortalecer o processo de ressocialização.

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) (85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara