JA na Política de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais

23 de fevereiro de 2018 - 16:39

Secretária Executiva da SPD, Tamara Holanda, destaca protagonismo juvenil no âmbito da valorização da vida com ênfase na prevenção às drogas

Desenvolvido pelo Sistema Integrado de Prevenção (SIP) da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD), o programa de prevenção Juventude em Ação (JA) passa a integrar a Política de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais do Governo do Ceará. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Educação do Estado (Seduc).

Ao todo, nove ações compõem o conjunto de atividades da Política. São elas: Juventude em Ação (JA), Núcleo de Trabalho, Pesquisa e Práticas Sociais (NTPPS); Projeto Professor Diretor de Turma (PPDT); Psicólogos Educacionais; Mediação Social e Cultura de Paz; Educação, Gênero e Sexualidade na Escola; Aprendizagem Cooperativa; Comunidade de aprendizagem; Projeto de Vida e Mundo do Trabalho.

A solenidade de lançamento da Política aconteceu na tarde da quinta-feira, 22, na sede da Seduc, sob a coordenação do titular da pasta, Idilvan Alencar. De acordo com a Seduc, a temática já vinha ganhando repercussão na rede estadual de ensino desde 2017 e, agora, fará parte do cotidiano das 111 Escolas de Ensino Médio Regulares em Tempo Integral (EEMTI), assim como de algumas escolas de tempo parcial.

No evento de lançamento, a SPD foi representada pela secretária Executiva da pasta, Tamara Holanda. A gestora destacou a parceira com a Seduc na empreitada e ressaltou o sucesso do JA nas escolas de ensino médio, proporcionando o protagonismo juvenil no âmbito da valorização da vida.

“O Ceará é pioneiro no Brasil na aplicação deste programa, voltado especificamente aos alunos do ensino médio, favorecendo o exercício da autonomia e da auto confiança, através da ampliação e fortalecimento de conhecimentos e vivências que possibilitam o contato com o sistema de crenças, qualidades pessoais, valores, emoções, habilidades para vida e outros”, ressaltou Tamara Holanda.

Evento Seduc 2 - 22Também prestigiaram a solenidade, a gerente do JA, Miriam Rivalta Barreto; e as assistentes técnicas do programa, Leidiane Chaves de Oliveira, Luana Cristina Martins e Paula Rachel. O coordenador pedagógico da Escola José Valdo Ribeiro, professor Pires; e alunos do estabelecimento que participaram do JA na edição de 2017 marcaram presença no estande do Juventude em Ação. Na oportunidade, relataram aos visitantes a experiência vivenciada.

O secretário Edilvan Alencar avalia que a aprendizagem cognitiva tem importância reconhecida no meio educacional. Entretanto, não se faz suficiente para a formação integral do ser humano. “Para tanto, é necessário, também, desenvolver habilidades de convívio, autoestima, pensamento crítico, entre outras”, disse. O gestor defende que as competências cognitivas são o principal meio de combate à violência.

“O sucesso na educação não é uma questão apenas de obter bom desempenho em avaliações. São as habilidades socioemocionais que têm o poder de, verdadeiramente, mudar a juventude deste país. O nosso papel, enquanto educadores, é de cada vez mais oferecer formação integral. Não me refiro, especificamente, ao tempo integral, mas, à formação cidadã, que promove a cultura de paz”, argumenta o gestor.

JA

O programa Juventude em Ação envolve a realização de uma série de atividades educativo-informativas sobre prevenção às drogas a partir da aplicação do jogo ‘Na Trilha da Prevenção’, com ampla participação dos estudantes das escolas das localidades cearense. A implementação do JA inclui, também, oficinas de capacitação e rodas de conversa entre profissionais de educação, familiares e lideranças locais. Os benefícios são multiplicados graças à formação de grupos de adolescentes voluntários.

Através do JA, a SPD busca a diminuição da iniciação e do uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes. Além disso, o programa contribui para a conscientização sobre direitos e deveres na vida cotidiana na direção de ações proativas e cidadãs. O JA também fortalece competências, potencialidades e habilidades para a vida por parte dos jovens, bem como a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e gestores e professores das escolas na ampliação de vínculos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

Fernando Brito / Daniela Negreiros
Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 99910.3443 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara