SPD recebe técnicos do Ministério da Saúde, Sesa e SMS

8 de março de 2018 - 12:40

Visita integra etapa da seleção do 3º Laboratório de Inovações em Saúde de Adolescentes e Jovens

Pautando mais uma etapa da seleção do 3º Laboratório de Inovações em Saúde de Adolescentes e Jovens, a equipe do Sistema Integrado de prevenção/ Juventude em Ação (SIP/JA) da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) recebeu, esta semana, a visita de técnicos da Coordenação Geral de Saúde de Adolescentes e Jovens (CGSAJ) do Ministério da Saúde (MS). Eles estavam acompanhados de técnicos das secretárias de Saúde do Estado (Sesa) e Município de Fortaleza (SMS).

Na visita técnica, os profissionais acompanharam a explanação detalhada sobre o programa de valorização da vida com ênfase na prevenção as substancias declaradas licitas e declaradas ilícitas Juventude em Ação (JA), desenvolvido pela equipe SIP/JA da SPD, desde 2015, junto a estudantes do ensino médio da rede pública estadual, como o apoio das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes). A explanação foi feita pela gerente do JA, psicóloga Ms Miriam Barreto; e contou com a presença dos técnicos Gracielly Delgado e Henrique Permínio (MS), Márcia Lessa e Isabel Nobre (Sesa) e Adonisa Aires e Maria Helena Pontes (SMS).

Iniciativa genuinamente cearense, o JA foi aprovado na seleção escrita do 3º Laboratório de Inovações em Saúde de Adolescentes e Jovens. A iniciativa exitosa obteve o segundo lugar na seleção dentre as 63 selecionadas em território nacional. A apreciação é feita, anualmente, desde 2013, pelo Ministério da Saúde por meio da CGSAJ/MS, em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

A seleção de 2017 contempla os seguintes critérios de relevância para o Sistema Único de Saúde (SUS): caráter inovador, reprodutibilidade em contextos similares, alinhamento aos princípios e diretrizes do SUS, resultados, sustentabilidade, regionalidade e clareza e objetividade na apresentção escrita.

A 3ª edição procura por experiências inovadoras desenvolvidas no setor saúde. A novidade é o eixo sobre interculturalidade, que busca conhecer práticas em saúde com público de adolescentes e jovens do campo, das águas, da floresta, indígena, negra, quilombola, imigrante, cigana, em situação de rua. Também há eixos para experiências exercidas no sistema socioeducativo, na atenção básica e, especialmente, sobre questões de gênero.

ms3Antes da visita à SPD, os técnicos também estiveram na Escola de Ensino Médio (EEM) Valdo Ribeiro, em Fortaleza; onde participaram da atividade de aplicação do Jogo “Na Trilha da Prevenção” para os alunos novatos. A escola desenvolveu o Programa JA em 2017, juntamente com outras 24 instituições cearenses. A atividade contou o apoio da liderança estudantil.

Para os projetos aprovados nessa etapa da seleção, o edital do 3º Laboratório prevê a participação em oficina nacional das experiências exitosas em saúde de adolescentes e jovens, a ser realizada em Brasília-DF e a participação em documento com relatos das experiências selecionadas, bem como divulgação das experiências no site da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde – APS Redes.

As integrantes da equipe do JA também estiveram presentes durante a visita técnica do Ministério da Saúde, Sesa e SMS. São elas: Daiane Souza Silva, Danielle Maria Sousa Pinheiro, Paula Rachel Felipe, Leidiane Maria Chaves de Oliveira e Luana Cristina Martins Oliveira.

Fernando Brito
Assessoria de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 99910.3443 – comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara