SPD agiliza Projeto Vivenciando o Verde: Plantando para o Cuidado

27 de abril de 2018 - 13:44 # # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação - (85) 3238.5090 / 9.9910.3443
comunicação@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd;ce.gov.br

A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) agiliza a implementação de mais uma iniciativa no eixo do acolhimento / cuidado e reinserção social e profissional de pessoas em tratamento da dependência química. O projeto Vivenciando o Verde: Plantando para o Cuidado será desenvolvido em parceria com a Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza (Fametro).

O projeto-piloto será efetivado, inicialmente, em três Comunidades Terapêuticas (CTs) que prestam serviço de acolhimento ao governo do Estado, através da SPD. Nas instituições, serão implantados hortos de plantas medicinais, tendo como base o Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos.

A ideia é fortalecer o eixo de cuidado e reinserção social e profissional e fomentar o uso de plantas medicinais como estratégia terapêutica coadjuvante no processo de ressignificação pós uso abusivo de drogas. As plantas cultivadas poderão ser utilizadas para consumo dos acolhidos nas CTs e na confecção de produtos medicinais para suprir as necessidades internas das instituições e para a geração de renda. A proposta da parceria é chegar até dezembro de 2018 como seis CTs com ações em andamento.

Nesta semana, foi realizada a fase de diagnóstico de implantação do projeto. Equipe técnica da SPD e do curso de Farmácia da Fametro realizaram visitas às três CTs selecionadas para o projeto-piloto a fim de conhecer a estrutura disponível, identificar as necessidades do público e as espécies de plantas medicinais a serem cultivadas. A fase seguinte será a assinatura de termo de adesão entre a SPD, a Fametro e as CTs selecionadas.

As plantas medicinais a serem utilizadas no projeto são alecrim-pimenta, alfavaca-cravo, capim-santo, chambá, erva cidreira, malvarisco e malva-santa. A implantação dos hortos será de responsabilidade dos técnicos da Fametro, que também realizarrão oficinas nas quais os acolhidos nas CTs terão acesso aos conhecimentos necessários para o plantio, manejo e replantio de mudas. Além disso, serão capacitados para produzir preparações.

Caberá à SPD realizar o monitoramento das atividades a serem desenvolvidas no âmbito do projeto, além de avaliar os resultados e produzir trabalhos científicos sobre a iniciativa em conjunto com a Fametro.

O secretário Especial de Políticas sobre Drogas, Will Almeida, destaca a parceria com a Fametro e enfatiza que o projeto Vivenciando o Verde: Plantando para o Cuidado é mais uma iniciativa que busca desenvolver hábitos saudáveis, estimular o autocuidado e promover o bem-estar dos acolhidos. O projeto permite novas possibilidades de aprendizagem e geração de renda.