SPD inicia formação de profissionais para a edição 2018 do programa

14 de maio de 2018 - 15:48 # # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação - (85) 3238.5090 / 9.9910.3443
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

Capacitação contempla profissionais de Credes e Sefor

A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) realizou, nesta segunda-feira, 14, formação de profissionais de quatro Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes) do Estado do Ceará e da Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor) para a implementação da edição 2018 do programa de valorização da vida e prevenção às drogas Juventude em Ação (JA).

A capacitação foi realizada no auditório da SPD, com a participação de 30 profissionais dos municípios de Fortaleza, São Gonçalo do Amarante, Pacatuba, Guaiuba, Canindé e Itapiúna. A gerente e idealizadora do JA, psicóloga Miriam Barreto, coordenou as atividades. Este ano, o programa contemplará 50 escolas distribuídas em 17 municípios cearenses, beneficiando cerca de 30 mil estudantes.

Desenvolvido nas escolas de ensino médio da rede pública de ensino do Ceará desde 2015, o JA, este ano, passa a integrar a Política de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais do Governo do Ceará, iniciativa coordenada pela Secretaria de Educação do Estado (Seduc). A parceria entre as secretarias permitirá a expansão do programa para as diferentes regiões administrativas do Ceará.

Para a edição 2018, foram selecionados os seguintes municípios: Fortaleza, Itapiúna, São Gonçalo do Amarante, Eusébio, Quixadá, Juazeiro do Norte, Crato, Nova Olinda, Sobral, Tianguá, Ubajara, Guaraciaba do Norte, Pacatuba, Guaiuba, Iguatu, Acopiara e Canindé.

O secretário Especial de Políticas sobre Drogas, Will Almeida, deu as boas-vindas aos profissionais presentes, ressaltando a importância do programa Juventude em Ação, que proporciona aos jovens cearenses o protagonismo na prevenção às drogas ao desenvolvem uma série de atividades artístico-culturais sobre a temática.

A educadora Rita de Cássia de Resende atua em Fortaleza e participou da capacitação. Ela lembrou que as drogas estão em todos os espaços e alcançam, sobretudo, os jovens, o que gera a necessidade de desenvolvimento de ações voltadas à prevenção. Daniel Bruno é coordenador escolar em Fortaleza. Ele demonstrou entusiasmo com o JA e pretende desenvolver o programa em sua escola, situada no bairro Jardim Jatobá. A ideia é envolver os jovens numa intensa ciranda de prevenção às drogas.

No período 2015–2017, o JA percorreu 27 cidades cearenses e 55 escolas, beneficiando cerca de 45 mil estudantes.