Capacitação sobre álcool e outras drogas

18 de maio de 2018 - 14:58 # # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação - (85) 3238.5090 / 9.9910.3443
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

Curso envolveu aulas teóricas e atividades no território

Parceria firmada entre a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) e a Escola de Saúde Pública (ESP) viabilizou a realização do Curso Saberes e Práticas da Rede Intersetorial de Atenção Integral sobre Álcool e outras Drogas. Financiada com recursos da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), no âmbito do Centro Regional de Referência (CRR), a capacitação foi concluída nesta sexta-feira, 18, no auditório da SPD.

O encontro final da capacitação envolveu a apresentação dos relatos das atividades práticas de territorialização. Ao todo, foram 60 alunos provenientes de diversas instituições, incluindo técnicos da SPD e do Projeto Corre Pra Vida. Todos desenvolvem atividades voltadas a pessoas em situação de rua que circulam pelo Centro de Fortaleza.

De acordo com a tutora Denise Pereira, o objetivo do curso foi promover qualificação profissional aos atores sociais integrantes da Rede Intersetorial para atuarem no território por meio de abordagens comunitárias.

Além de aulas téoricas, o curso também inclui ações intersetoriais em diferentes espaços públicos do Centro de Fortaleza, objetivando o desenvolvimento de atividades com vistas à redução de danos, humanização e empoderamento, tendo como público-alvo pessoas que vivem em situação de rua e que fazem uso de substâncias psicoativas.

A turma iniciou as atividades em março passado, obedecendo uma carga horária de 80 horas, divididas em aulas teóricas (sala de aula), práticas (aluno no território de prática) e teórico-práticas (aluno e tutor no território de prática).

Os participantes destacaram o aprendizado, apontando que, a partir das atividades práticas das questões apreendidas na vivência no território, tornou-se possível apontar potencialidades, bem como as principais dificuldades relativas ao uso problemático de drogas no território.

Denise Pereira destacou, como diferencial do curso, o fato de os estudantes deixaram a sala de aula para vivenciar o conhecimento construído in loco ao serem colocados em situações que precisam trabalhar em conjunto com profissionais de outros setores, o que possibilita que a Rede Intersetorial conheça a finalidade, as potencialidades e limitações de cada órgão que a compõe.

O secretário Especial de Políticas sobre Drogas, Will Almeida, ressalta o papel da SPD de buscar uma forte articulação intersetorial, capaz de responder aos desafios do uso abusivo de drogas no Ceará. “A Secretaria está de portas abertas ao diálogo com todos os segmentos sociais para debater a temática das drogas, buscando o aprimoramento dos serviços a serem oferecidos à população”, concluiu o gestor.