SPD capacita profissionais do Ceará Pacifico

23 de maio de 2018 - 14:37 # # #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação - (85) 3238.5090 / 9.9910.3443
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

Oficina de capacitação

Oficina foi realizada na sede da Secretaria

Em continuidade à implementação do programa Juventude em Ação (JA), edição 2018, a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) realizou, nesta quarta-feira, 23, capacitação para coordenadores, assessores e articuladores dos territórios do Ceará Pacífico em Fortaleza.

A oficina foi coordenada pela gerente e idealizadora do JA, psicóloga Miriam Barreto, que apresentou e esclareceu aos participantes sobre as diversas etapas do programa.

Este ano, o programa de valorização da vida e prevenção às drogas, voltado para jovens do ensino médio de escolas públicas estaduais, contemplará 50 estabelecimentos distribuídos em 17 municípios cearenses, beneficiando cerca de 30 mil estudantes.

Coordenadora do território do Curió e São Miguel, Rosenira Aquino destacou a parceria entre as ações do JA e do Ceará Pacífico. “Esse momento de hoje, com as a apresentação das ações do Juventude em Ação, é extremamente importante para as ações do Ceará Pacífico dentro dos territórios na perspectiva da prevenção da violência e da promoção da cultura de paz, principalmente no ambiente escolar, com os alunos, porque você vai trabalhar na promoção das habilidades de vida com os jovens, com as famílias e com o entorno desse território na prevenção ao uso de drogas”.

Na capital, os territórios do Ceará Pacífico abrangem, ainda, as comunidades do Vicente Pinzón, Bom Jardim e Parque Genibaú. O Pacto por um Ceará Pacífico opera a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública, com o objetivo de construir uma cultura de paz em todo o território cearense.

Juventude em Ação

Desenvolvido pela SPD, o programa JA abrange um conjunto de ações que inclui a aplicação do jogo interativo ‘Na Trilha da Prevenção’ e a realização de gincana artístico-cultural com foco na prevenção às drogas. O JA envolve, ainda, a realização de oficinas de capacitação e rodas de conversa com a participação de profissionais de educação, familiares dos estudantes e lideranças comunitárias.

O objetivo principal do programa é diminuir a iniciação e o uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes. Além disso, o JA fortalece as competências, potencialidades e habilidades para a vida, bem como contribui para a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e escolas na ampliação de vínculos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

No período 2015-2017, o JA percorreu 27 cidades cearenses e 55 escolas, beneficiando cerca de 45 mil estudantes.