SPD amplia parceria com a Sesa para a oferta de testes rápidos para detecção de infecções em pessoas em situação de rua

4 de dezembro de 2018 - 12:02 #

Fernando Brito - Assessoria de Comunicação - (85) 3238.5090 / 9.9910.3443
comunicacao@spd.ce.gov.br / fernando.brito@spd.ce.gov.br

A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) reforça a parceria com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) no âmbito do Projeto Corre Pra Vida, voltado à melhoria da qualidade de vida de usuários de drogas em situação de rua e/ou em outros contextos de vulnerabilidade social. A ideia é ampliar a oferta de testes rápidos (HIV, Sífilis, Hepatite B e C) nos contêineres do projeto, bem como o acesso ao diagnóstico e ao tratamento por parte dos beneficiários.

Uma reunião para alinhar a parceria foi realizada na manhã desta terça-feira, 4, na sede da SPD, com a participação da coordenadora de Políticas sobre Drogas da SPD, Sandra Lira, e de colaboradores do Corre Pra Vida. A Sesa foi representada pelas assessoras técnicas Priscila Carvalho e Lauanne Aires. Na ocasião, foi acertada a ampliação da oferta de insumos nos contêineres do Corre Pra Vida (Centro, Parangaba e Mucuripe) para a realização dos testes rápidos, bem como a formação de profissionais do projeto para a execução dos testes, que passarão a ser oferecidos rotineiramente, a partir de janeiro de 2019.

Sandra Lira destaca a importância da parceria da SPD com a Sesa em prol dos beneficiários do Projeto Corre Pra Vida. “A oferta de exames será ampliada nos contêineres, alcançando mais pessoas, favorecendo o diagnóstico e o tratamento de enfermidades como a Hepatite C, cuja ausência de diagnóstico, por manifestar-se de forma assintomática, ocasiona a cronicidade da doença”.

A gestora lembra que os testes rápidos já são ofertados no “Corre Pra Vida”. Contudo, sem o caráter de rotina, mas de forma pontual. Segundo ela, desde o início de 2018 foram realizados cerca de 150 testes, com os devidos encaminhamentos dos indivíduos que tiveram a identificação de alguma enfermidade. A assessora técnica Priscila Carvalho reforça: “os Testes Rápidos (TR) são ferramentas fundamentais para a ampliação do acesso ao diagnóstico para diversos agravos, identificando-se os casos silenciosos”.

Ainda no encontro, foi definida a realização de atividade alusiva à campanha Dezembro Vermelho nos contêineres do projeto no próximo dia 14 deste mês, pela manhã e à tarde. Na oportunidade, serão disponibilizados exames gratuitos e desenvolvidas ações de conscientização e ajuda no combate ao vírus da imunodeficiência humana (HIV), a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). O objetivo é informar e provocar reflexão de que é possível conviver com as doenças sem estigma e preconceito.